Assine nosso informativo semanal

Contatos das Assessorias de Imprensa

FSB ComunicaçõesNacional
Angelita Gonçalves
Tel.: (11) 3165 9747
Cindy Correa
Tel.: (11) 3165 9570
Paula Barcellos
Tel.: (11) 3165 9589
Pauta 6 ComunicaçãoES e BA
Rogéria Gomes
Tel.: (27) 3235 6996
Performa ComunicaçãoInterior de SP
Kamilla Barboza
Tel.: (12) 3939 2699
(12) 99188 7437
Performa ComunicaçãoMS
Kamilla Barboza
Tel.: (12) 3939 2699
(12) 99188 7437
Luciana Navarro
Tel.: (67) 9803 7092

Atualizado em 12.12.2012

Mídia | Releases

27.11.12 - Fibria lança Rede de Monitoramento de Transporte Rodoviário

Grupo voluntário vai auxiliar no monitoramento do tráfego de carretas de madeira que circulam entre o norte do Espírito Santo e o sul da Bahia

Aracruz (ES) - No próximo dia 30 de novembro, a Fibria fará o lançamento da sua Rede de Monitoramento de Transportes (RMT), no Hotel Norte Palace, em São Mateus. O objetivo da RMT é contribuir para tornar o tráfego de carretas que transportam madeira para a empresa cada vez mais seguro, reduzindo o índice de acidentes. A medida também visa ampliar a interação entre a Fibria e os usuários da rodovia.

A RMT é constituída por voluntários que são usuários da BR 101 Norte no trecho entre o norte do Espírito Santo e o sul da Bahia e das estradas estaduais e municiais por onde circulam as carretas que transportam madeira da Fibria. No Espírito Santo, os voluntários estão distribuídos entre os municípios de Aracruz, Linhares, Sooretama, São Mateus e Pedro Canário. Na Bahia, eles estão nos municípios de Mucuri, Nova Viçosa, Teixeira de Freitas, Alcobaça e Caravelas.

Os voluntários da RMT vão acionar a Fibria, por meio de ligação gratuita pelo número 0800 283 8383, sempre que perceberem condutas inadequadas por parte dos motoristas das carretas de madeira. Entre os aspectos monitorados estão: a formação de comboios, tráfego acima da velocidade permitida, ultrapassagens perigosas, tráfego pelo acostamento e outros aspectos. No dia 30, em São Mateus, eles receberão treinamento sobre a RMT.

As ocorrências reportadas pelos observadores que integram a RMT serão tratadas pela Fibria juntamente com as respectivas empresas que prestam serviços à empresa no transporte de madeira. “Essa interação com os usuários das rodovias vai contribuir para que, juntamente com nossos provedores de serviços de transporte, adotarmos ações para corrigir eventuais problemas”, observou Carlos Alberto Nassur, gerente geral florestal da Fibria.

Ele esclareceu que a RMT não é uma experiência nova na Fibria, já existiu no passado em parceria com outras empresas que são usuárias da rodovia. Agora a experiência está sendo retomada pela Fibria e a expectativa é que a parceria dos observadores voluntários contribua para reduzir as ocorrências de acidentes envolvendo carretas de madeira.

Serviço:
Lançamento da Rede de Monitoramento de Transportes (RMT)

Data: 30/11/2012
Hora: 10h30
Local: Hotel Norte Palace – Av. Jones dos Santos Neves, 209, Centro, São Mateus-ES

<< VOLTAR